sábado, 24 de outubro de 2009

São Paulo- Buenos Aires

Enquanto escrevo, ouço o som que vem do vizinho. Reconheço está música em qualquer lugar. É do grupo Buena Vista Social Club. Não importa a a letra. Nem precisa entendê-la. É de amor que falam, eu sei. Amor à uma terra. À um solo. Y yo sola tambien. Não porque quero. Te quiero! Y estás tan lejos de mi. Espero? Ou te deixo partir? Meu eixo começa a perder o sentido. Desnorteio-me. E tenho desejo de sul. Ardente de 'che'. Me llamas? Que meu corazón já tem chama. Já tem fome. Já tem nome: Es USTED!

Y me muero!
Y me muero
!
(Só para ser dramática)


Ribeirão Preto-São Paulo: 4 horas de ônibus
São Paulo- Buenos Aires: 4 horas de voo.
8 horas nos separam...
...Y algunas platas!

Algunas?

16 comentários:

Felicidade Clandestina. disse...

a distãncia...
é tão dura.

palavriar sobre a saudade.
rs

.

Paloma Cândida disse...

Mulher do céu, vc já conhece Buenos aires?!!!
Eu não, mas também sou apaixonada assim como vc, o idioma, as musicas, o tango, aaahhho tango!!!
Me deixam fascinada!!!

Obrigada pela visita no blog, pode deixar vou aproveitar essa moda de cinturinha maracada sim, um bj grande!!!

Erica Ferro disse...

Há distância quando há amor?

Beijo, Erica. ;)

Heloísa Vilela disse...

"Espero? Ou te deixo partir? Meu eixo começa a perder o sentido."

Me identifiquei demais com essa frase. Foi simples, mas resumiu um sentimento inteiro.

Tata disse...

Oie,

Nossa nada pior que a distãncia!
A gente perde o eixo mesmo....
OH ! Dúvida cruel!!!

bjinhos

Jeniffer Yara disse...

Saudas de alguém que você mais quer por perto...é duro presenciar ela...é chato ter ela por perto...

Mas o sentimento prevalece,aquele que não e pode esquecer...O Amor...

Bjs!

marinaCavalcante disse...

Nada impossível para o amor
e para o tempo que, se caminharem
juntos (ão de caminhar!), vencem
a saudade, a tristeza, o sorriso pela metade e as platas. :)

Um abraço!!!

Giselle Costa disse...

Mi Buenos Aires querido cuando yo te vuelva a ver... eeee saudade danada que fiquei agora.

Flor, como diz Richard Bach 'longe é um lugar que não existe', 4 horas não é nada para o amor.

bjsssssss

Claudinha ღ disse...

"A distância física que os separa não pode diminuir o amor que os mantém. São um do outro, um para o outro, percebo em cada texto. Não sei quem ele é, mas deve ser um cara de sorte por ganhar seu coração assim..."
Lindo texto e esse amor éin... rsrsrrs
.
bjs e obrigada pelo carinho, pelos comentários sempreeee...
.
att: Claudinha

A Magia da Noite disse...

a distância sempre nos separa, mas há tanta coisa que nos aproxima.

Lolla...doida varrida! disse...

TEM SELINHO PROCÊ LÁ NO MEU BLOG.
PASSA LÁ,OK?
BJUSSSSSSSSSSS

Emi disse...

espanhol amo isso, pero cuantas platas?
amei essa mistura de português e espanhol, ficou tão tão lindo. Eu gosto de muitas músicas nesse idioma. ótimo seu texto.
beijos

disse...

Distancia é foda, foda, foda.

E ficou ótimo o texto, em portunhol haha ;)

Tatiane Trajano disse...

Três horas de voo
e tudo estaria resolvido

=/

Tata disse...

Oie,

Vim agradecer sua visita lá no Bsides, volte quando quiser ok?

Bjinhos

Lolla...doida varrida! disse...

TA BEM DE CORAÇÃO HEIN? TA RECONHECENDO MUSICA SEM SABER A LETRA OU A LINGUA...HUMMMM....
BJUS.