quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Matemática

Ela tem dois cestos de roupa suja para lavar. Vida dura, ela reclama! Mas, quem mandou acumular? Soma e multiplica-se. Jornada dupla de quem trabalha fora e depois volta para casa. Doce lar. É cuidadora. Cuida de um bebê e dezesseis avôs. Ganha o seu dinheiro assim e o divide entre os seus irmãos. Subtrai todas as suas alegrias e vontades. Mas, não perde a sua fé, não. Cem por cento crente, de alguma coisa. Reza o seu terço diariamente. Tem esperança de passar meia hora em outro lugar. Naqueles braços, dentro de um quarto.
E não liga a mínima de ir para os quintos do inferno pensando assim.

À noite, equaciona um jeito de isto acontecer...

6 comentários:

Aline Lopes disse...

Como já diz o ditado à matemática nunca mente.
Temos que ir em busca de sempre MAIS esquecer que o que nos e pouco, e multiplicar todas as alegrias e subtrair todas as tristezas, talvez não melhore cem por cento, mais com certeza nos fará pessoas melhores.

Adorei o texto.

Lindo blog.

Fica com Deus

Beijos

Lolla...doida varrida! disse...

concordo com a amiga aline. a matematica nunca mente...segundo o q dizem.
blog realmente lindo.
voltarei mais vezes.
bjusss

Katrina disse...

Eleva todos os desejos ao cubo.

Lendo, até começo a gostar de matemática

David Sento-Sé disse...

Qui esbarrar foi esse de ler você tão sem ter buscado. Me encontro achado e voltarei sempre.

ma! =) disse...

Adoro teus textos, já disse?

Bê Matos disse...

Boa sorte com os cálculos, Erica. :)

lindas palavras sempre, né? hihi
Beijos.