quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Sobre o que eu ainda não sei

Prometi ligar de novo e não liguei, eu sei. Confesso que liguei por impulso na primeira vez.Sou assim: do signo de fogo. Eu queria gritar com você. É gritar! Gritar toda a nossa confusão. Gritar todo este sentimento embaralhado. Embaraçado. Embrulhado para presente. Queria gritar, na esperança tola e infantil que o meu grito pudesse calar o que já vive aqui dentro. Por sorte não liguei novamente, pois ainda tem voz o que sinto...

...Só não tem nome.

12 comentários:

Glauco Guimarães disse...

Hum... Eu teria ligado! Esse seria o meu erro. Certeza.

. disse...

Belas palavras!
Adorei!

'Ariane .( lla Belle )' disse...

Lindo seu blog, primeira vez aqui, e achei bem legal, e depende da situação eu acho que eu ligaria, enfim muito bonito o blog.

Beijos

Felicidade Clandestina. disse...

Signos e suas explicações. Rs
Eu sempre leio o meu horóscopo.
Assiduamente Rs :)
Lindo flor ♥

Little dreamer disse...

A-DO-REI! *-* simples e direto!

Erica Ferro disse...

Lindo, Erica!
Por vezes não sabemos o nome do que está borbulhando em nós.

Um beijo.

P.s: Erica! Ele me 'procuroooou'. \õ/
Muito bom tê-lo de volta, muito mesmo.
Obrigada pela dica.

Heloísa Vilela disse...

É, eu também tô pra ligar pra alguém.
Mas tenho medo de estragar tudo com os gritos que eu vou dar :D

Natália Corrêa disse...

Mas proque temos sempre que dar nome a tudo?

Crispi. disse...

Ainda bem que não ligou. Explodir no telefone não é digno ;/

Anthony Dostoiévski disse...

Eu ligaria...quer dizer, já liguei, mas somente para ter certeza de que a outra pessoa ainda existia e de que eu ainda tinha amor próprio...

Luna Cortez disse...

eu teria ligado na primeira vontade. e teria gritado.

:)

David Sento-Sé disse...

Não culpe signos por impulsos, não pague por impulsos a operadoras.
Vá lá se quiser.
Encontre o nome se o há.
Aconteça sempre.
Em tempo real, palpável, tocável, irrestrito.