terça-feira, 17 de novembro de 2009

Ele é do bem!

Meu nome?
Erica.
Com 'c', não com 'k'.
E sem acento.
Adoro o meu sobrenome italiano.
Com dois 'tes' e dois 'zes'.
Sempre tenho que soletrá-lo.
E não me canso.
Mas os meus olhos claros foram herdados da família espanhola.
Sou espanhola.
De corazon.
Vejo Almodovar, ouço Alejandro e flamenco, como paella e bebo cerveja preta.
Mas nunca fiquei bêbada.
Gosto de vinho branco também.
Com moderação.
Sem, só brigadeiro, chocolate, pizza e todos os tipos de massa.
E pão.
Amo pão.
Deve ser por isso que não emagreço.
Ou talvez eu não seja tão alta quanto gostaria.
Não tenho realmente 1,70m de altura.
Mas vou continuar mentindo.
Qual é a minha altura?
1,70m.
E uso salto também.
Mas em casa, ando descalça.
Adoro.
Meus pés são pequenos para a minha altura (1,70m, insisto).
Gosto de futebol.
Assisto o campeonato Paulista, o brasileiro e a copa do mundo.
Casaria com qualquer jogador da seleção italiana.
(O que é aquele Fabio Canavarro?)
Eu e todas as minhas amigas.
Os meus amigos me chamam de louca.
Não gosto.
E quando vi a loucura de perto pela primeira vez na faculdade, fugi.
Tive medo, confesso.
Mas hoje se alguém surtar, ofereço os meus braços:
Surta em mim. Comigo.
Adoro abraços. Mãos dadas.
Eu uso anel.
E a minha mão não tem aquelas três linhas que formam um 'm'.
Então não posso ver o meu destino.
Aí eu eu mesma vou lá e construo.
Dia-a-dia.
Quero tanta coisa.
Quero viajar a América do Sul inteira com a minha Kombi.
Sim, eu quero ter uma Kombi.
Quero tirar fotos em branco e preto.
Ou preto e branco, eu nunca soube ao certo.
E quero ter o DAVI, meu filho
Penso tanto nele.
Muitas vezes.
Várias vezes.
Sem cessar.
Sem me cansar.
E quero conhecer muita gente também.
Ouvir as suas histórias.
E escrevê-las, se possível.
Somos mais de seis bilhões no planeta.
Sabia?
Mais de seis bilhões...
...e eu passei o Dia dos Namorados Sozinha!!
Acredita?
Mas eu não maltrato o Santo Antônio por causa disto.
Eu gosto dele.
Por quê?
Porque ele é do bem!!

11 comentários:

Felicidade Clandestina. disse...

Que mágico isso de construir nosso destino a cada dia neh?

(:

Bjs flor .

Glauco Guimarães disse...

Bem legal o resumo do seu espírito, aposto que tem mais coisa que você não disse.. hehe

Erica Ferro disse...

Erica, nos parecemos muito.
Muito mesmo!
Não é só o nome que é igual, haha.
__
Poxa! És uma profissional, então? Muitos anos de carreira.
Parabéns, nadadora. ;)
__

Beijo.

Fernanda disse...

que lindoo *-*

também adoro massas tenho veias italianas...

Gisa disse...

Erica eu ADORO te 'ouvir'.. porque sua escrita, tem vida...

... me disseram uma vez que eu não precisava me preocupar, o meu amor ia me achar... pois é, já estamos a quase oito anos juntos. Acreditas que ele saiu da Suiça e me achou mesmo ? mundinho pequeno kkkk

Quem sabe seu italiano aparece qualquer dia desses.. ele vai te achar, pode ter certeza.

Tatiane Trajano disse...

Também gosto muito do teu sobrenome italiano.

O meu foi adulterado de "Traiano" Para Trajano.
Sabe aquele imperador romano Trajanus?
Meu parente!
hahaha

=*

David Sento-Sé disse...

E depois de ler e reler, percebo que nada você falou de você.
Pois então, comentando, interrogo:
Que nome chamo você quando quero que me escute?
O que seus olhos claros vêem ao longe da luz?
¿Qué usted dirá después de que la barra sea cerrada?
Que sensação te trás o chocolate sugado dos dedos?
Você corta o pão, à mão e Poe pedaços na boca dele?
Que sabor tem seu peso?
Onde você pode alcançar com 1,70m?
Casar é um jogo? Futebol?
O que te deixaria louca?
Após abraços virá um anel?
Quem lê tua mão, o que lê?
Com que tijolos você constrói seu mundo?
Fotos Branco e preto te trazem as cores dos momentos?
Davi terá “D” no fim?
Que fim terá Davi?
Que estórias posso te contar?
Que estórias minhas você jamais escreveria?
Namorar é mesmo não estar só?
Fora o Santo você está bem?

Renata de Aragão Lopes disse...

É bacana isso:
escreve sobre si mesma
em um poema quilométrico!

Já fiz um.
Menos extenso
e ainda não publicado.

Gostei do seu!
Um beijo,
doce de lira

Mariana Andrade. disse...

sabe o que é melhor do que descrições? ser, de fato.

Luh* disse...

Ah que lindo sua descição!!!
Adoro massas!
beijos

Marcelo Novaes disse...

Erica,




Esse auto-retrato falado está show.



:)






Beijos,







Marcelo.