sábado, 5 de março de 2011

Soul

Com chuva e flamenco, será assim o meu dia
Vou passar as horas recordando tudo aquilo que não vivi
Mas, que o meu coração sentiu de alguma maneira

Fecharei os olhos
Mas, não vou dormir
Ficarei contemplando-me por dentro...

... e talvez descubra de qual matéria sou(l).

11 comentários:

may disse...

Oi, primeira vez aqui no seu blog, gostei muuito!
E quanto ao texto, se conectar consigo mesmo sempre é essencial para descobrirmos realmente como somos!

Nara disse...

Adoro quando você brinca com as palavras ^^

Beijo

Priscila Rôde disse...

Talvez...

Adorei!

VELOSO disse...

Meu Carnaval também vai por esse caminho!

ErikaH Azzevedo disse...

....è que quem se acorda por dentro, sonha!

Bjos querida!

Erikah

Paulinha disse...

recordar o que não viveu, ou, como canta Renato Russo, sentir saudade de tudo que ainda não viu...
gosto muito da ideia!
bj

Colecionadora de Silêncios disse...

Minha querida, creio que todos nós somos feitos de muitas, várias matérias, mas vc, em especial, é feita de muita sensibilidade. :)

Adoro vc!
Beijinho e ótimo feriado. :)

Ágatha Alves disse...

rá que perfeito rs, adoro como vc emprega as palavras, é uma delicia de ler aqui Erica.

Beijão flor

sindro disse...

Oi Gostaria que conhecesse o meu blog de textos, agradeço desde já a visita, te espero lá.
Obrigado.

cecilia disse...

Ah Que belo Erica!
Quantas vezes fiquei recordando coisas que não vivi,mas senti com a maior intensidade do mundo.
Beijo e boa semana

AC disse...

Um espanto, Erica, parabéns!

Beijo :)