sábado, 26 de março de 2011

Closer

Se o nosso destino é ficarmos longe um do outro, eu o desafio. Quebro as regras. Viro a mesa. Grito bem alto. E não desisto. Porque lhe quero por perto. Bem perto. Entende isto de uma vez...

... e entre nesta briga para ganhar.



(Me ganhar...)

19 comentários:

Fred Caju disse...

Mesmo em tempos de paz, é bom uma guerra vez por outra.

Nara disse...

Minha briga diária.

AC disse...

Erica,
Os pontos do universo são incontáveis. E há tantas lutas por travar...!

Beijo :)

Rita disse...

tudo bem então, entrei!rs
é bom chamar a atenção das pessoas para que saiam de suas capas protetoras partindo assim para a ação,com atitude, assumindo uma identidade mais autônoma!
bjos querida!

Luna Sanchez disse...

Opa, bem-vinda ao meu mundo!

=**

Luna disse...

acho que já ganhou, ou não?

beijos saudosos!

(li um monte aqui hoje, rs)

As Flores e Eu disse...

É bem por aí rsrs

Ela disse...

"Gritando pra não ficar rouca, em guerra lutando por paz..."

O amor tem dessas né?

disse...

NOSSA.... SENTI UMA VONTADE IMENSA DE DIZER ISSO PRA ELE...

BOA SEMANA...

cecilia disse...

Erica,faça uma guerra para conseguir o que deseja. O que o destino não junta o tempo alcança.
Beijos e ótima semana

Juliana disse...

Acho que ele já ganhou! E mesmo que não o enxergue, e que ele não esteja fisicamente ao teu lado, ele está o mais perto possível de ti, no teu coração e na teu pensamento ;)

Beijos

Renato Hemesath disse...

Oi Érica!!!

Que escrito corajoso! e é curioso pensar que não fica somente "no papel" - diariamente nos vemos na posição de ter que enfrentar "alguns destinos", principalmente quando queremos, ou almejamos, que as coisas sejam do nosso modo. é um meio de afirmarmos o nosso lugar, e eu me identifico! hehe

Sobre o que tu tinha escrito no Cine Freud, eu também penso sobre esta relação entre religião e psicologia de um modo geral. Outro fato curioso, são os indíces daqueles que não conseguem conciliar ambas as "coisas". Em muitos contextos, torna-se conflitante, realmente. E vem a análise, na melhor das hipóteses.

Beijos, boa semana! ;)

Ká ou Kaká. disse...

Erica, saudade de vir aqui.

Lindo seu texto. Espero que ele tope o desafio (na verdade ele já te ganhou, né?).

Bjos.

Em@ disse...

Isso. Erica. Nada de baixar os braços...
tem um selo no meu canto :)))
beijo

meus instantes e momentos disse...

tem que ser assim...
Maurizio

Ana Andreolli disse...

aaaa que coisa linda!
vc está absolutamente certíssima!
kkkkkkk

Paulinha disse...

espero que ele seja corajoso, e entre para ganhar a moça e o coração dela...
ele bem que podia cantar "quero te ver de perto, quero dizer que o nosso amor deu certo..."
bjs

Trilho, trago e assopro no ar.. disse...

A vida em si já é uma briga, no amor não seria diferente.

Giovanna Cóppola disse...

Algo tão curto e, ao mesmo tempo, tão intenso. Virar a mesa, não desistir, esse é o sentido de tudo.