domingo, 10 de outubro de 2010

desilusão

Ela morreu por amar demais. E não ser amada de volta. Teve febre, calafrios e falta de ar, mas ninguém segurou na sua mão. Morreu instantaneamente por algo que sofria há muitos anos...


... desilusão!


(:( Vou correr, comer chocolate e encher o meu corpo de serotonina. Amanhã, escrevo algo melhor, prometo!)

11 comentários:

AC disse...

Amar e não ser amado é algo muito próximo da crueldade...

beijo :)

Me disse...

frio e chocolate - combinação perfeita!... rsss
bjokas érica!

Paulinha disse...

É de uma tristeza tão linda!!
bj

carol vasconcelos disse...

amar e não ser correspondido é doloroso, acredito que poucas coisas são piores do que isso. mas ainda bem que somos fortes e sempre conseguimos levantar a cabeça e ir em frente. achei lindo o texto.

melhoras pra ti, floor! :]

Reh.invente disse...

O amor platonico dói

Pérola Anjos disse...

O amor tanto engorda quanto mata, já dizia o Djavan.

Beijos!

ErikaH Azzevedo disse...

È que a medida do amor é o amar de reciprocidades , né! Que tua tristeze vaze em palavras, perca-se de ti para o papel, e que estejas sempre nova pra amar novamente.

Um beijo Xará, um carinho a ti neste momento.

Erikah

Rafael disse...

Oh, não morra por isso, não vale a pena! haha
Bjs

Ágatha Alves disse...

que triste
parece uma fase que vivi que a desilusão foi tão grande que fiquei tão mal.

Beijão

Luna Sanchez disse...

"Amor, e o que é o sofrer..."

Beijos, ótimo feriado!

ℓυηα

Mulher na Polícia disse...

Ô linda...
Se eu pudesse te convidaria pra pegar um cineminha. É minha primeira atitude quando falta serotonina.
: )

Beijos!