segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Bumerangue

A fé é sempre uma semente, que devemos cuidar com olhares atentos. Nem muita e nem pouca água. Sombra sempre. Apesar de ela aguentar o sol quente e o vento forte. Mas, ela é menina. E emburra fácil, a geniosa. E some por alguns tempos, sem dar notícias. A fé também precisa de mimos e palavras amenas...

...porque ela não vive só de figas e pulseiras do Senhor de Bonfim!

(Eu faço brigadeiro para ela voltar. Volta?)

10 comentários:

Nara disse...

Acredita de verdade, aí ela volta. Acontece que ela quer seu coração por inteiro.

Beijo

Fred Caju disse...

Brigadeiros são infalíveis!

olhar disse...

a fé e cada um de nós...pense nisto...

beijos,

Bia

AC disse...

Que bom que voltou, Erica! E com fé! (Fé com brigadeiro é capaz de ser eficaz) :)

Beijo :)

Minha Vida disse...

Vou te contar tudo sim, relatórios diários. kkkkk
Fé, algo que preciso ter e muito...
Bjs

Ágatha Alves disse...

É verdade Érica, a fé não vem somente nas figas e nas pulseiras, por isso penso nas coisas que mais me faz ter sentimento, e todas as noites peço para voltar e dominar o meu coração, pq sem fé, nossa vida é meio vazia sem sentido.

Beijão querida

Erica Ferro disse...

Não sou a Fé, mas se você fizer brigadeiro, apareço por aí num instante *risos*. OK, a piada foi lamentável.
Sei como é isso: minha Fé às vezes gosta de passear por aí sem aviso prévio ou data de retorno. E eu me entristeço muito com isso. Perco o chão. Então... ela volta toda faceira.

Beijo.

Ana Andreolli disse...

hahaha boa!!

embora eu tenha colecionado essas pulserinhas uns anos ae!

Gu Paiva disse...

Haha! Vc sempre me fazendo sorrir.
Fé, divida teu brigadeiro comigo, que eu volto a acreditar em você. rs

BRAVO!

Anônimo disse...

Vuelve, como tu sonrisa que hoy vi en tu rostro, ya vuelve limoncito.