quarta-feira, 16 de junho de 2010

Bella

O amor já foi urgente dentro de mim. Já teve pressa. Já foi afobado. Já pegou atalho errado, carona estranha. Já amou amor mal amado. Agora descansa tranquilo. Cochila em paz. Mas, tem sono leve. Sono leve...


... para o meu bem.


( Vai precisar de um beijo para despertar)

16 comentários:

Nara disse...

Bem leve.

*-*

Beijo,
Nara

(adoro seu blog, é sério)

Luna Sanchez disse...

O amor é facinho...rs. Eu gosto assim, lindona! =)

Beijo, beijo.

ℓυηα

Gisa disse...

As vezes éw melhor deixar o amor dormir rsrs

Anthony Dostoiévski disse...

Levim, levim...
eita sono bom esse do amor...

bjim e bom texto

ErikaH Azzevedo disse...

Enqto o tempo acelera e pede pressa , tu te recusas faz horas vai na valsa né...rsrsrsrs

Menina amor de pressas é maremoto, amor de calma é maresia...e não importa qual seja ele, o que importa estar sempre a mergulhar nesse mar de sentimentos né!


Bjoo xará.


Erikah

Ká ou Kaká. disse...

O meu tbm. Bem leve. Ufa!... rs

Adoro seus textos. Eu sei, tô repetitiva, mas é isso sempre!

Bjos, flor.

Ágatha Alves disse...

é bom deixar o amor dormir sim, assim como eu fiz,
aos poucos espero desperta-lo mais n agora
e eu sie que ele n acordara assim com um leve beijos
precisará de mais

beijos florrrrrr

Natália Corrêa disse...

Bons sonhos.

Em@ disse...

:D!
Bonito. Que nunca adormeça profundamente...beijo

Priscila Rôde disse...

Sono leve, só com ele mesmo.

José Sousa disse...

Olá... estive aqui, em seu espaço. O blog está lindo e o que escreve tambem. Vou ser sue seguidor, seija meu tambem. Vá até lá, leia, comente e recomendo. Veja o meu perfil e leia no "Queriaserselvagem" o post de Fevereiro com o titulo "A minha luta".

Agora somos amigos.

Um grande abraço do tamanho do mundo.

Angélica Lins disse...

Emocionou-me...

Lindo!!!

Abraço

Crispi. disse...

Mas quando você menos esperar, em passos quietos, ele aparece e desperta. Aaah, se desperta.

Ferdi disse...

Sono leve pro meu amor.

Claudinha ♥ disse...

'E como é caprichada ao falar de amor, e tão simples, e tão admirável... Quem chega aos pés?
É tão profundo, tão intenso e tão sereno ao mesmo tempo, me confundi e me responde. Assim é o amor.'
.
Um poemazinho para não perder o costume.

Érica, tá tudo lindo como sempre..
Parabéns!!!
att: Claudinha

Léo Santos disse...

Sono leve é? Tudo de bom! Parabéns por amar!

Um abraço!