quinta-feira, 2 de junho de 2011

Eu e Você

Amo os seu olhar e vou dizer isto mais de mil vezes, acostume-se. É nele que encontro paz e uma esperança menina. E meu sorriso bobo, solto quer logo se casar com o seu. Minhas mãos sonham em se encostarem nas suas. Conjunção total de sentimento e corpo. Alma e razão. Luz e sombra. Amor e amor...


...porque não existe antônimo para isto que eu sinto.

6 comentários:

guru martins disse...

...manda brasa!!
é do corpo cumprir
as ordens da alma...

bj

Flá Costa * disse...

sempre lindo, lindo.

Ana Andreolli disse...

Exato, e se existir nem quero saber!
Melhor sensação do mundo, é essa de ser completa!

=)

Anthony Dostoiévski disse...

amor é amor...
sem contrário...
é esse o desejo de todo amante...

braço e bom texto

Fred Caju disse...

Que assim fique: único, sem antônimo.

Maria Helena Sarmento disse...

Maravilhoso!