quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Aos olhos seus

Queria ser especial aos olhos seus. De alguma forma. De qualquer maneira. E confesso que até tentei. Mas, o que consegui foi ser apenas aquilo que sou: uma pessoa comum. E se eu admiro as estrelas. se faço poesia com o meu próprio cotidiano e se converso com Deus enquanto bailo, são apenas bobagens. Loucuras que você nunca entendeu. Ou poderá entender...


... porque nunca me olhou de verdade.

( O essencial é invísivel aos olhos)

14 comentários:

Colecionadora de Silêncios disse...

Uau! Perfeito, Erica!

Infelizmente, há pessoas que nos olham e são capazes de não nos ver... às vezes penso que sou sensível demais e que vejo, percebo mais do que os outros e por isso sou a "anormal" da história... rs

Identifiquei-me muito com o seu texto.

Beijos, querida. :)

Javi disse...

Perdon de mil maneras, nunca fuiste comun y nunca lo seras, pido tu perdon.

Dona da Cômoda disse...

Pois faço das palavras da Colecionadora as minhas... E já conversamos sobre isso também... É que não sabemos outro jeito de ser que não seja esse... morando em outro planeta... Tão ETs que somos....
Não quero parar de ver luas amarelas e acredito na sanidade do Don Juan...
Que te vejam como é... se não verem... cegueira de alma não compensa...

Renato Hemesath disse...

Oi querida!!!

Oh, do começo ao "pessoa comum" e depois arrematando com a frase final: faço do teu palavriar o meu.
Isto é bom? as palavras são lindas, e reconhecer que somos capazes de trilhar rumos novos e se abrir para vitórias e ilusões novas é sempre significativo, e de alto valor.. claro! :D

Super beijos!

Ká ou Kaká. disse...

Erica, quem dera se todas as pessoas fossem comuns como vc. Se esse 'chico' não te vê, lamento por ele.

Lindo o texto, como sempre!

Besitos.

Em@ disse...

Se não vê ...perdeu! e de que maneira!
continue a ser "comum" assim. :)

Luna Sanchez disse...

As pessoas comuns que ganham ares de luz aos nossos olhos são tão...amáveis, né, Erica?

=)

Beijo, beijo.

ℓυηα

Dica disse...

Talvez seja só ciúmes. As palavras tornam-se perigosas quando querem, até mesmo quando não existe intenção.

cecilia disse...

Nem sempre as pessoas enxergam o que deveria mas sempre somos notamos por outros olhos.

Texto demais Erica.
Beijo

Rafael disse...

Ser comum é ruim , legal é ser maluco. HHHHHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAA.
Bjs

Eles não valem uma pipoca disse...

Que lindo... Quem não consegue ver além não vale a pena boba...

guru martins disse...

...perde tempo
com isso não
passa a bola!!!

bj

Bruno Fernando disse...

Eis que este não mereça atenção, afeto. Quem ama de verdade é capaz de enxergar o que está além.

Beijos Erica

Erica Ferro disse...

Só se pode conhecer de verdade quando se olha com sinceridade, quando se enxerga o mais oculto.

Beijo, xará.