quinta-feira, 8 de abril de 2010

Felinas como eu...

E você foi embora Neguinho em uma noite fria de abril. E tudo ficou tão escuro por aqui, como eu já imaginava. Nem a luz do seu abajur quis ficar. E se chorei, não sei mais o motivo. Se foi por mim ou por nós dois. Ou por aqueles planos que escrevemos na areia, onde os 'nossos meninos' iriam brincar. Reconheço a minha inocência. E o papel de garotinha que fiz, que procura amor à mais que mordidas.A qualquer medida. E não vou morrer, Neguinho, nego-me à isto. Sei que não tenho sete vidas. Mas, não se preocupe: Felinas como eu, SEMPRE CAEM EM PÉ!

(Fim de jogo na inventolândia.)

26 comentários:

Natália Corrêa disse...

acho que não sou felina :/

Erica Ferro disse...

Eu sempre caio de cabeça, mas, milagrosamente, sobrevivo.

;*

Me disse...

"se chorei ou se sofri o importante é que emoções eu vivi..."
bjokas!!!

Poderosa says disse...

Felina também, as quedas podem até machucar minhas patas, mas nada que as lambidas não lavem e que o tempo não sare.

Não sobrevivo. Vivo. As vezes doí, as vezes eu sou um livro, além de um felino.

Parabéns, blog legal...

Angel disse...

"Felinas como eu, SEMPRE CAEM EM PÉ!".

A gente faz planos, cede à inocência, acredita que vai vingar e... acaba. Nem sempre, é verdade, mas, na maioria das vezes. E o pior é que não fica menos doloroso com o tempo, com a "experiência", ninguém se acostuma a perder um amor. Mas, como encarar a perda faz toda a diferença, e nisso, você deu uma senhora lição! Adorei o texto!

E... Você nem disse no blog que hoje é seu aniversário, né dona moça!! Te desejei parabéns lá pelo meu, e venho aqui desejar de novo! Muitas, muitas felicidades, na verdade, te desejo tudo que há de melhor neste mundo, em doses infinitas!

Abraços!

Nara disse...

Aí a gente toma umas na cara e acora e aprende.

Ainda bem que nos sentimentos temos vááárias vidas!

Beijo,
Nara

toxiic s. ♥ disse...

acho que não sou felina :/ +1

beijo ;*

Elis disse...

Adorei o tom de desafio que o texto passa ... algo como "espere e verá" ou ainda um ... "me aguarde!" Não sei ao certo, mas gostei!
Abraço
Elis

Luna Sanchez disse...

Gatona, nada de fim de jogo, então! Bora, lá, buscar o que se foi...corre!

* Adoro aqui! ^^

Dois beijos,

ℓυηα

Allyne Araújo disse...

uau Erica!!!!! adorei!!!!!!! srsrsrsr acho que sou assim.. srsrsr beijao!

Meu Mundo Musical disse...

Lindo texto... Felina, é assim que deve ser =]

R.L. disse...

Muito bom.

Miau.

Minha Vida disse...

"Felinas como eu, SEMPRE CAEM EM PÉ!".
Amei essa frase, acho que sou uma Felina, pq qto mais caio, mas tenho vontade de lutar e de mudar as coisas que me encomodam.
Lute sempre, no final tudo da certo.
Acho que é seu niver hoje, então parabénssssss, toda felicidade do mundo para você.
bjos

Júlia disse...

Cair e levantar, sempre.

"Talvez bater a porta na cara não seja a única opção... Talvez"
www.mamae-dizia.blogspot.com

Ma.chine disse...

RSrs, sabe que teu texto falou profundamente comigo...

E me ajudou, de alguma maneira.
Acho que estou amadurecedo, pois essse final de historia não foi o ais triste nem o mais doloroso...

To aprendendo.

e sobre o selo.. foi um ato de carinho, gosto muito de tuas palavras..

Bom final de semana pra ti guria.

Beijos

Sylvia Araujo disse...

Assim que eu gosto! rs Sofrer, doer, chorar, faz parte. Mas sempre de pé, sempre de pé. (até parece...)rsrs

Beijoca com cafuné

Anthony Dostoiévski disse...

Felinas quando não caem de pé, se levantam rápido...

bjim e ótimo texto

Mulher na Polícia disse...

Como diz o Woody no Toy Story...
"Isso é que é cair com estilo".

Quase pronta pra outra? rs rs rs Ninguém está, né, linda? Se estiver pronto mesmo, ninguém cai.

Beijo, linda!

A.S. disse...

As felinas, além de cairem sempre de pé... têm sete vidas!!! :)


BeijOOO
AL

Priscila Rôde disse...

A gente sempre sobrevive!

Um beijo, linda.

Tatiane Trajano disse...

Nem sempre eu consigo cair em pé, mas uma coisa é certa, eu sempre levanto.

=*

Felicidade Clandestina. disse...

Somos sim ...
Mas temos 7 vidas como de costume . ^^ ai, como é bom te ler . andei sumida,sobrecarregada de trablho, mas regressei . Beijos flor. (:

marinaCavalcante disse...

Lindo, lindo.

E todos deveríamos "cair em pé",
não é?

:)

"Eu sou mais eu, mais gata
Numa louca serenata
Que de noite sai cantando assim
Nós gatos, já nascemos pobres
Porém, já nascemos livres..."

;*

Gisa disse...

Acabou o jogo ? eu sei que ando chegando tarde, a vida esta corrida demais :)

... continue no papel de felina. rs

Minha Vida disse...

Em relação ao comentário em meu blog. Como ficou a cara da pessoa quando você falou isso?
bjos

ErikaH Azzevedo disse...

Perfeita a ultima frase.

Cair de pé é sempre mais fácil pq nem precisa levantar né!

E essa inventolandia hein...eu achando ser diarios teus os posts. É que escrevendo as vezes temos pra nós a vida de um alguém, e as vezes até esse alguém é imaginario né...crtas magias.

Bjos linda, andava com saudades de vim aqui.

Erikah