segunda-feira, 11 de julho de 2011

Maktub

Nosso encontro foi de alma. E quem poderá nos entender? Se lhe conheço há muito tempo, mesmo antes de lhe conhecer. E agora vivo o meu próprio poema como se fosse o de Fernando Pessoa. Aquele que decorei, que sempre soube de coração. Pois eu já lhe pressentia. Somos tão reais, como os nossos sonhos. Somos destino e vontade. Força e fé...


... somos Uno, amor.

8 comentários:

Fred Caju disse...

Viver o próprio poema como se fosse o de Fernando Pessoa é uma sábia escolha!

olhar disse...

amém...e que seja eterno enquanto dure!

beijos!

Bia

Luna Sanchez disse...

Deveria ser sempre, sempre assim.

Um beijo.

deia.s disse...

Gosto de blogs assim, bonitos mas simples! Força e fé, repete comigo (:
Seguindo-te e voltarei mais vezes. Se puder passa no meu e segue também:

http://amar-go.blogspot.com/

- Desde já agradeço, kiss

Ana Andreolli disse...

maktub, tava escrito!

=)

eu saio daqui toda bobinha apaixonada! hahaha

As Flores e Eu disse...

É o meu preferido dele.
Beijos

Luna disse...

sempre me pergunto se vc vive tudo que escreve, é tudo tão bonito, como uma poesia.

guru martins disse...

...seja
feliz...

bj