segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Pirraça

Brigar por amor
Ainda é amor
Apesar das armas erradas.
Mas, não sou Ghandi
Não me faço de grande
Eu faço mesmo é pirraça...

Passa com um beij0!

4 comentários:

Zé alberto disse...

Olá Erica,

Vi um comentario seu a um texto no Cine Freud e fiquei seduzido pelo seu comentario de que Lacan considera que a "Mulher" não existe.
Sou apaixonado por psicanálise e colaboro num blog de filosofia (Cenas Gagas)onde escrevo sobre cinema.
Adorava que se você pudesse me dispensar 5 minutos do seu tempo me enviando mais detalhes dessa teoria do Lacan. O meu Mail é jalberto324@gmail.com
Desde já mto grato pela atenção que me possa dispensar, fico aguardando sua resposta.

Cumpts

Zé alberto

Nara disse...

Isso fez eu me lembrar das minhas pernas erradas por aí...

Beijo,
Nara

Maiane disse...

Oii Éricaa...
Faz um tempinho que olho seu blog e achei demais a forma simples com que você escreve. Parabéns


Ah, e esse post me lembrou uma briga esse sábado :S

Abraço!

Zé alberto disse...

Olá Erica,

Tava a ler com mais atenção este seu pequeno texto "Pirraça" e me fez recordar a poesia do grande Drummond de Andrade. Adorei!