sábado, 16 de abril de 2011

Eu vejo você

Contra o poder do destino, resignação. Seja como o bambu que se dobra a força do vento. Nenhum inverno é tão rigoroso que mata a delicadeza da semente, ainda há vida...

... mesmo que ninguém a vê.

18 comentários:

AC disse...

A força da convicção é indomável!
Gostei muito, Erica!

Beijo :)

Franck disse...

Adoro as delicadezas, assim como as pequenas gentilezas, onde ninguem ver...
Bj*

Fred Caju disse...

Pode crer. Que germine!

Honny e Gio. disse...

Mesmo que ninguem possa ver ela esta sempre lá.

adorei

Ágatha Alves disse...

sempre terá vida, nas menores coisas que deixamos de enxergar.

Beijão Erica!

Priscila Rôde disse...

Há de ter,
sempre!

Juliana disse...

Podemos não enxergá-la, mas podemos senti-la!!!

Beijos.

Thai Nascimento disse...

E porque ainda há vida, a resignação não é a melhor resposta, creio eu.

Nielson Alves disse...

Tremenda é a força do vento e do bambu.
Comparada a nossa.

Iandê Albuquerque disse...

Semente é o começo de tudo, mesmo que ninguem veja. é.

gostei do post.
Lá no meu espaço tem coisa nova.
www.iandeee.blogspo.com

Um abraço.

Ana Andreolli disse...

e quando a coisa tem q ser, tem força. como dizia guimaraes rosa

Luna Sanchez disse...

Força sempre.

Um beijo.

As Flores e Eu disse...

Novamente em poucas linhas recita um texto.
:)

A.S. disse...

Érica... nossos olhos vêm tudo o que quisermos que eles vejam...


Beijos!
AL

guru martins disse...

...é, mas com agente
esse buraco é muito
mais em baixo
essa resignação
muitas vezes adia
o futuro e pode
ser devastador...

bj

Leni disse...

Há uma grande verdade nesta frase, sempre há vida, mesmo que tenha se definhado qlqr resquício de existência!!!!
Tempo que não passo aqui, andava com saudade, embora minha inspiração não venha surgindo.
Bom vê-la por aqui ainda! :D beijocas

VELOSO disse...

Sempre a vida ! Parabens!

VELOSO disse...

Sempre a vida ! Parabens!