segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Sem fim

É só olhar para os seus olhos
Que nasce uma esperança dentro de mim
E perdôo todos os erros,
Os meus, os seus
Que ainda nem foram cometidos

É só olhar para o seu sorriso
Que me transformo em música de Chico Buarque
Texto de Neruda
E em planos para hoje
E para depois de amanhã

E se a pergunta for:
Você me ama?
A resposta será:
Sem fim.

18 comentários:

Gu Paiva disse...

Lindo, linda, completo. ETERNO. suas palavras me causam um friozinho tão delicioso na barriga. Vontade de amar assim, sem fim, qualquer coisa.

Pérola Anjos disse...

Um amor assim
não deve mesmo ter fim
Deve ser sempre um sim

Lindo!

beijos!

AC disse...

Erica,
A sua poesia continua a encantar-me pela simplicidade, pela focagem naquilo que acha que vale a pena...

beijo :)

Zé alberto disse...

Olá Érica,

Este é um dos seus poemas que mais adorei, pelo ritmo, a intensidade e o "desenho" da exposição das ideias, gostei mto.

Obrigado Érica pela visita tão simpática ao "a ilha do Zé"; mais tarde ou mais cedo voltarei ao Miles Davis, pois ele foi tão importante e decisivo na historia do Jazz.

Abraço.

Ká ou Kaká. disse...

Nooooossa, que lindo!
Suas poesias têm beleza SEM FIM, Erica.

Beijinho.

Luna Sanchez disse...

Um constante recomeço...assim que é.

Beijos, querida!

ℓυηα

Corina de Oliveira disse...

Antes também tinha medo de gatos... até ter a minha gatinha Mikas :) é um amor e já não vivo sem ela! Apesar de ter alergia, prefiro sofrer eu (e tomar medicação) do que abandoná-la...

Felicidade Clandestina. disse...

nossa que lindo *-* eu pude sentir pelas entrelinhas , que saudade que eu estava de te ler (L) beeijos

Solange disse...

entendo tanto de amor sem fim...

tanto...

beijo sua linda !!!! estava com saudades...

Ágatha Alves disse...

Porque quando se ama dew verdade
a pessoa amada é sempre a necessaria
mesmo que cometa erros
o sentimento é sempre maior.

beijão flor
bom feriado

Minha Vida disse...

Lindo... Amor sem fim. Quero um pra mim.
bjs

Stupid disse...

Todos precisam de um amor assim, sem fim.
Lindo, lindo, lindo.
Me senti mais apaixonada ainda ao ler suas palavras.
Continue palavriando e apaixonando! :)
Tô seguindo, beijos!

Nara disse...

Já falei Erica, eu gosto do seu blog,
gosto pq em poucas palavras eu me encontro aqui.

Obrigada.

Beijo,
Nara

Reh.invente disse...

Ah o amor
Enquanto eu sentir as borboletas em mim, será a magia do amor que me consumira.

Ariana disse...

Lindo, perfeito, descreveu o amor e o perdão em simples palavras mais bem profundas!

Amei!


Beijos

Luna disse...

é assim, a gente perdoa fraquezas, defeitos, tudo. e faz planos, e ama e ama e ama, com chico lá no fundo, todos os dias.

Má Midlej disse...

Sempre muito bom ler a senhora, sabia?
Eu fico sempre com a certeza de que não sei nada sobre falar de sentir. Você que sabe! Porra, muito bom!
:D
hahahahaha

beijo grande.

Mih_ disse...

Nossa q poema lindooo...
também escrevo e gostaria de compartinhar com vc meu cantinho:

bjs...

Mih_
http://descalcapoesias.blogspot.com/